Centro Qualifica da EPTOLIVA ao serviço da comunidade

Formulário de inscrição

Página oficial do programa Qualifica

Foi publicado no Diário da República no dia 05 de maio de 2020, o Despacho n.º 5182/2020, que procede à criação e renovação da autorização de funcionamento dos Centros Qualifica, de acordo com a Portaria n.º 232/2016, de 29 de agosto, que procede à regulação da criação e do respetivo regime de organização e funcionamento.

Neste âmbito, a ADEPTOLIVA — Associação para o Desenvolvimento do Ensino Profissional dos Concelhos de Tábua, Oliveira do Hospital e Arganil foi selecionada, por parte do conselho diretivo da ANQEP, I. P., para se constituir como Centro Qualifica, na região de Coimbra, NUTS III, com sede nas instalações do polo de Tábua, tendo a autorização agora concedida resultado da candidatura da Escola ao procedimento administrativo destinado à apresentação de candidaturas para a respetiva criação, nos termos do Aviso n.º CQ/1/2019, de 26 de julho.

O objetivo inerente ao seu funcionamento é contribuir para o aumento da qualificação da população adulta, essencialmente no concelho de Tábua, assente na valorização das aprendizagens adquiridas ao longo da vida, através do desenvolvimento de processos de Reconhecimento, Validação e Certificação de Competências (RVCC) escolares e/ou profissionais e através da possibilidade efetiva de aumento e desenvolvimento de competências com formação qualificante. Os destinatários são os adultos com idade igual ou superior a 18 anos que procurem uma qualificação escolar (4.º, 6.º, 9.º ou 12.º ano) e/ou profissional e, excecionalmente, jovens que não se encontrem a frequentar modalidades de educação ou de formação e que não estejam inseridos no mercado de trabalho. O processo RVCC destina-se a maiores de 18 anos que procurem obter uma qualificação escolar e/ou profissional e, excecionalmente, a jovens que não se encontrem a frequentar modalidades de educação e formação e não estejam inseridos no mercado de trabalho, auxiliando-os na definição de um projeto de vida.

Neste sentido as diversas atribuições são a informação, orientação e encaminhamento de candidatos; reconhecimento, validação e certificação de competências; informação e divulgação da oferta disponível; dinamização e participação em redes de parceria de base territorial e monitorização do percurso dos candidatos.

Desde a sua criação, em 2017, os Centros Qualifica visam contribuir para a concretização das metas fixadas ao nível do Programa Qualifica, “Em 2016 foram criados 30 novos centros, num primeiro alargamento da rede, e mais 42 em 2017, alcançando-se a meta estabelecida de ter 300 centros Qualifica distribuídos por todo o território continental. Em dois anos e meio, 360 mil adultos foram acolhidos pelos centros Qualifica, em todo o país, tendo já 215 mil sido encaminhados para ofertas de formação e mais de 80 mil para reconhecimento, validação e certificação de competências (RVCC)”.

Além disso, o Governo tem como metas alcançar os 600 mil adultos inscritos em centros Qualifica até 2020, garantir que até 2020 metade da população ativa do país conclua o ensino secundário e conseguir uma taxa de participação de adultos em atividades de aprendizagem ao longo da vida de 15%, alargada para 25% em 2025.